terça-feira, 5 de maio de 2009

Seria mais fácil...

O que dá a alguém o direito de brincar com os sentimentos dos outros?
As vezes a pessoa acredita que isso não seja assim tão importante pra você. Talvez ela não faça por mal. Quando não te dá a minina. Quando não faz questão de falar com você. Quando acha normal todo aquele tempo que ficaram afastados. E age como se nada tivesse acontecido.
É muito ruim sentir que alguém não te dá importância. Ainda mais quando esse alguém é uma pessoa muito especial pra você. Pior ainda é quando você um dia imaginou que também era importante para ela. Você tinha certeza que fazia alguma diferença na vida dela. Pois acreditava em cada palavra que dizia. Você ouvia e aceitava toda e qualquer disculpa. Logo tudo estava bem de novo. Se é que pode se dizer "bem".
Será que a pessoa não percebe quando muda de atitude em relação a outra? Será que ela não sabe que você vai se dar conta disso? Quando um dia você é tratado como uma rainha e no outro não recebe nem um "oi", nem um "bom dia".
Não seria mais fácil falar as coisas de frente, na cara? Em vez de ficar disimulando uma situação que não faz sentido. Em vez de usar a falsidade. Em vez de mudar de atitude. Em vez de te evitar. Em vez de simplesmente não fazer nada. Como se não houvesse nada de errado. Não seria mais fácil poupar um sofrimento mais lento e duradouro? Evitar a angustia da duvida? Não seria melhor falar tudo na real? Dizer as coisas como elas são. "Olha, eu não quero mais te ver... não gosto mais de você" ou "Eu já tive o que eu queria com você e agora não quero mais saber...", ou ainda "Eu não tenho mais saco pra te aturar, então dá pra você sair da minha vida?". Ouvir isso de uma pessoa qualquer não seria nada. Mas ouvir da pessoa que você ama, seria como cravar uma faca no peito. Doeria muito. Você com certeza iria chorar por semanas e mais semanas. Iria se sentir a pior pessoa na face da terra. Iria querer que um raio caisse em sua cabeça, que o mundo acabasse e que todo mundo esquecesse da sua existência. Mas, ainda assim, seria melhor. A verdade. E não uma enganação, pra ficar alimentando os seus sentimentos. Não um conto de fadas sem final feliz. Não uma vida sem significados jogada fora.

3 comentários:

Celso Design disse...

Vendo isso por um lado concordo com vc mas sempre tem dois lados né não estou aqui para defender nenhuma das partes e concordo muito com mtas coisas q vc relatou ai, porém as vezes o outro lado pode estar confuso ou com medo de estar fazer a coisa errada, eu sei eu sei a verdade eh a melhor coisa mas quem disse q nos seres humando sabemos o que nós queremos sempre? nós somos muitos confusos as vezes nem nós mesmos nos entendemos! Quem sabe um bom dialogo as vezes resolva isso ao inves de ficar imaginando coisas que as vezes nem existe ou existem rs sei la relacionamento é algo muito complicado, ser humano é pior ainda rs

Caso queria conversar comigo msn é celsodesign@gmail.com

bjs moça!

Samira Hidalgo disse...

Heloisa Ikeda!!!

Uma vez você me disse que contos de fada e princípes encantados não existem. O que aconteceu então?

Pessoa, tô aqui para o que você precisar, não esquece!

:*

Cah disse...

Essas conclusões nos fazem crescer tanto sabia?

Conclua sempre que preciso.
Mas reepense quando necessario também.
Muitas vezes tiramos concluões precipitadas.

;)

Beeeijos