sexta-feira, 22 de fevereiro de 2008

O Tempo Que Me Nega

Não preciso muito para refletir
me basta alguns segundos para perceber
e mais uns minutos para concluir
hoje andando na rua
vindo da faculdade de volta pra casa
sabendo que eu já tinha decidido não sair hoje a noite
tendo tantas novidades em que pensar
me deparei com uma questão intrigante
o meu tempo cada dia mais escasso
e nem precisei lembrar de muitos momentos
só tudo se encaixou perfeitamente na minha cabeça
porque eu sei que não me adianta ter muito tempo
pois quanto mais tempo eu tenho
menos sei como aproveita-lo, desfruta-lo
menos faço valer essas horas preciosas
porque é tão dificil decidir coisas fáceis
enfim, é isso o que sempre acontece
e quando vou ver já foi
eu já simplesmente não o tenho mais
passou como se nada tivesse acontecido
e não deixou nada, nenhuma recordação
nem alegre, nem triste
o contraponto claro já se escancarou
não era preciso nem cita-lo
porem na minha reflexão ele estava muito presente
afinal como posso conseguir tal proeza
de alongar um tempo assim tão pequeno
de desarrumar e resolver e inventar
sendo que o tempo era só de consertar
creio que não sou a unica
fazemos isso diariamente
nos desdobramos
nos transformamos em 6, 7
cumprimos prazos, atingimos mentas
e depois de tudo o que é que a gente faz
reclama que não consegue fazer nada das coisas que gosta
porque não tem tempo...
tudo bem, posso estar exagerando
afinal foi uma reflexão minha
e quem é que eu quero atingir com isso
se não a mim mesma
isso não me surgiu a toa
não neste momento
mas se o tempo passa de acordo com a nossa pressa
que remédio eu tenhu?...

Um comentário:

Nadjaa disse...

Perfeito aqui mana ....vou visitar sempre viu!


amoo