sábado, 8 de março de 2008

A inspiração vem da dor

Venho aqui porque já não me resta outra saida
Busco um espaço, uma opotunidade, um ouvido amigo
Desenrolo sem muito jeito, sem muita graça
Me esforço como ninguém nunca imaginou precisar
Tento inventar, interpretar
Me faço de inocente, injustiçada, incompreendida
Nada dá certo, nem funciona direito
Quando o que eu preciso e só falar
Não leve a mal
A escolha não foi minha
Se eu pudesse
Se tivesse escolhido
Eu seria uma pessoa diferente
Eu não escolheria ter medo
Preferiria ser mais sociavel
Adoraria não me irritar a toa
Eu escolheria ter mais força de vontade
Não esconderia coisas bobas
Não seria preguissosa
E principalmente
Eu não iria ter querido ser tão diferente
Sim iria querer ser eu mesma
Mas não tão diferente

Assim da maneira que estou
É como eu vou ficar
Desse jeito que não escolhi
Mas que adoro desde sempre
Eu nunca teria escrito nada
Não fossem as minhas derrotas
Eu nunca pensaria sobre essas coisas
Não fosse a minha desilusão com o mundo
Eu não entenderia a filosofia
Não fosse a minha busca por explicação
Eu nunca faria um curso de jornalismo
Não fosse o meu anseio por mudança
E de novo, e a cada dia eu descubro
Que não é nada obvio
Mas que eu sempre tive comigo
A espera esperançosa
A duvida duvidavel
A dor duida
A lastima lastimante
A revolta revoltante
A intriga intrigante
A palpitação palpitante
A lagrima lacrimejante
A verdade que não se pode conter
E que mais dia menos dia irá explodir
A mentira de cara lavada
Que não sumira nem diminuira
Não espere maiores explicações
Eu não falo de mim
Só escrevo...

5 comentários:

Samira Hidalgo disse...

Maravilhoso! Muito mesmo, amei!!

=)

Juh* disse...

Uauu...Euv pedi, e ai está, a helo flando!!!

Lindo texto! muito fofo!!!

Vc esqueceu d flar q vc eh a nossa catraca! hehehe

Brincadera...

E existe sim uma siada e um ouvido amigo, e ateh um ombro se vc quiser..!

bjoxx

Roberta Cortez disse...

perfeito!!!!!!
se superou, helô! (L)

Akinol disse...

See Here or Here

Ivan Luiz Ferreira disse...

Tem certeza que está falando de você???rsrs

Eu li e parece que estava falando mim mesmo...hehe

PERFEITO!!!

beijÃO