quarta-feira, 21 de maio de 2008

Desenrolando o Acaso


Não me agrada as coisas muito certas
não me atrai uma vida de muito sossego
não existe felicidade sem emoção
não existem sentimentos sem turbulências

Quando tudo está muito calmo
quando as coisas demoram a mudar
é porque algo não está bem
é porque há alguma coisa de errado

São as surpresas e decepções
que quebram a monotonia do meu dia
são os pepinos e abacaxis
que me fazem usar a cabeça

Não sou movida pelo acaso
não faço nada automaticamente
não deixo que as coisas aconteçam
quem acontece sou eu

As formas de dizer, fazer e mudar
são as mais variadas possiveis
dentre as milhões de possibilidades
só o que eu quero é ser eu mesma

Quem dera que para o resto do mundo
isso bastasse, como basta para mim
como seria bom estar bem
só por estar fazendo o que gosto

Mas a minha vida não funciona assim
não vivo isolada
estou inserida num mundo
onde quase tudo é diferente do que penso

Tento tudo que posso
distorço, inverto, desenrolo
mas nada muda o que já é padrão
nada transforma essas mentes

Controlar as nossas vontades
não faz bem pra saúde
reprimir impulsos e a espontâneidade
é substimar nossa criatividade

Não gosto da maneira
como a minha vida é regrada
mas é com isso que vivo
é dessa forma que aprendi a viver

Ao mesmo tempo que
isso me causa repulsa
sinto que está tão atrelado a mim
que é impossivel me disvensilhar

Me ponho de novo a desenrolar o acaso
tentando encontrar uma saída
buscando alguma brecha de transparência
para mostrar a que vim

3 comentários:

Juh* disse...

[b] Helo..

foi vc q fez??

gostei mto...!!!

é verdade.. essa coisa de controlarem nossas ações sufoca nossa criatividade e cria padrões que são impossiveis de serem seguidos....

adorei o texto!!

bjx

.Cah. disse...

Ah essa mania de controle sob nossas atitudes,pensamentos e bla bla bla.
é algo realmente insuportavel!

Quem dera que para o resto do mundo
isso bastasse, como basta para mim
como seria bom estar bem
só por estar fazendo o que gosto

a melhor parte ;)

Beeijos.

Roberta Cortez disse...

perfeito, helô!
sabe, eu às vezes fico meio perturbada de ficar pensando nisso pq não consigo me conformar...
mas nem todos pensam como a gente.
eu já me cobro normalmente, quando não há pressão, imagina quando há. O.o

mas vc escreveu mt bem!
=****