domingo, 27 de setembro de 2009

Mais que um diário

Há uns quase três anos atrás eu pensei em criar um blog. Um lugar onde eu pudesse postar as coisas mais idiotas e também as coisas mais criativas e interessantes que eu escrevo. E estar cursando a faculdade de jornalismo me deu o empurrãozinho que faltava pra eu finalmente criá-lo...

No começo era uma festa só. Eu postava umas duas vezes por semana, as vezes até mais. Ia nos outros blogs de amigos comentar. E esperava ansiosamente que eles viassem no meu ler os meus textos e deixar o seu comentario também. Eu trocava as cores do Layout muito frequentemente. As vezes até editava fotos só pra colocar de título. Eu passava um tempo considerável arrumando meus links e meu perfil. A vezes até ficava revendo tudo que eu já postei. Eu era apaixonada pelo meu blog.

Não que eu ainda não goste dele. Eu adoro, porque é aqui onde eu posso escrever o que me der na telha, que ninguém vai ficar dando palpite e querendo modificar minhas "criações" rs. Digo isso porque quando o seu trabalho é escrever jornalisticamente, tem sempre algum chato pra meter o bedelho em tudo, e esse chato é o seu editor. Voltando ao ponto, eu ainda gosto do meu blog. Mas confesso que ele não tem mais a 'energia' de antes. Aos meus leitores (quem vê pensa que são muitos ¬¬'), peço desculpas. A vida da gente as vezes começa a tomar rumos diferentes e a gente acaba se esquecendo de fazer coisas que a gente adorava, ou ainda adora. Eu não vou parar de postar aqui, e também nunca vou deletar o meu blog. Será bom por der vir aqui depois de uns anos pra reler o que eu escrevia e pensava. São textos que refletem momentos da minha vida!

Hoje as pessoas me perguntam porque eu tenho um blog. E eu sinceramente não sei bem como responder. Preciso de um motivo pra ter um blog? Não me perguntaram isso na hora de criar uma conta aqui no blogger. Então porque tenho que explicar isso pra pessoas que nem ao menos sabem o que é um blog, e nem nunca viarem visitar o meu, saber o que de mais eu faço aqui? Enfim, se eu não quisesse mostrar as minhas idéias e idiotices, eu simplesmente escreveria num diário. Ou seja, se eu escrevo aqui é porque quero compartilhar. Eu poderia dizer para essas pessoas virem aqui e lerem esse texto, pra ver se elas entendem. Mas não vou fazer isso. Além de elas continuarem sem entender, eu não faço questão de que entendam :)

.

4 comentários:

Proud Maria ॐ disse...

Adoooreii o seu post... e tdo o q está escrito nele eu ja passei por isso...acho q tds q tem um blog ja pensaram nisso, ja se fizeram várias perguntas e ja deixaram eles abandonados por anos..ahsuahs


adorei mtoo

bjãoo

Luan Fernando disse...

Então tá!
Não vou querer entender... ^^

Beijo.

Quem começa? Eu ou você? disse...

Eu me pergunto se um dia chegarei nesse ponto...rs.
Eu AMO escrever...amo mesmo...
E não consigo ficar londe daqui...rs

Mas... talvez, um dia,eu fique cansada demais pra atualizar, ou perca a vontade...enfim...
rs

E vc não precisa de um motivo!rs

Roberta disse...

Não dizem que cada um devecuidar da sua vida? Pois é, o blog é a nossa! huehusuhahuehusuha

=***