quarta-feira, 2 de julho de 2008

Doce Amargo


"As lágrimas não são simples gotas de água, vêm da alma, da dor que sente sua alma e seu coração quando seu amor se cansa de lutar, quando sua alma chora por dentro e faz um mar imenso que sai por seu reflexo, pelos olhos que são o espelho da alma. É difícil aguentar tanta dor, tanta mentira, tanta decepção, tantos sonhos rompidos, tantas ilusões pisoteadas, aquele amor frustado, carícias perdidas, tanta injustiça e tantas feridas que doem como uma espada atravessando o coração e dói tanto por dentro e por fora. Deve-se ter um sorriso materializando a falsa alegria porque poucas coisas te fazem sorrir quando sua alma está esgotada, mas há uma luz que nunca se apaga porque a esperança continua viva!!!"

"Às vezes quando estamos tão tristes, nossos sonhos caem ao solo como pedacinhos de estrelas que pouco a pouco se apagam, nosso coração chora em silêncio, para não fazer ruído, os olhos do coração vêem mais longe do que a vista nos permite, e quando as lágrimas caem, gelam todo o corpo e o coração, de tanto amar, se converte em gelo para não sofrer mais, para já não chorar... Mas que equivocado está! Ao final terá alguém para acender a chama da sua alma, que derreta o gelo que a dor formou no seu interior, e se voltar ao céu te darás conta que ficam milhões de estrelas e cada uma é um sonho a cumprir, mesmo que algumas se apaguem, haverão muitas que apenas começaram a brilhar, e também te darás conta que há estrelas que brilham, mas sua luz não é mais que um eco, um espelho do que algum dia foi sua verdadeira luz, mas agora já não existem, você decide no que acreditar, só não abandone seus sonhos, são os únicos que te salvarão do esquecimento."

"Buscando entre lo nada con los sueños destrozados te encontré a ti, solo tu me mirabas en los ojos, solo tu sabias que estaba aqui. Buscando en mi vacio, tu luz lleno mi espacio. sofri por tantas cosas, llore por tanta gente sin darme cuenta que tu siempre habias estado aqui. Buscando en mi reflejo, apareciste tu y me dijiste nunca has estado sola siempre has tenido a ti. Yo creo que la unica verdadera soledad, es cuando te pierdes a ti mismo y eso no hay que dejar que pase nunca no hay que dejar de creer en ti, en tus sueños porque te tienes que amar tu para que alguien te pueda amar."

"Aqui estoy entre paredes y cristales que no me escuchan y nada puden hacer por mí, sin un abrazo ni una carizia, ni siquiera una sonrisa que me diga que todo va a estar bien. Grito, pero nadie me escucha, estoy cansada de luchar. Mí alma está cansada, está ahogada. En un llanto que no parece ver el final. Tengo tantas ilusiones hechas trizas, tantos sueños enterrados en la arena. De mis mejores días contigo y mis peores pesadillas a tu lado. He aprendido a seguir sola, con la spada en alto para star en la batalla, y no darme por vencida ni aun vencida, como lo estoy ahora. Ya no se o que hacer al parcer te entregué mi corazón y lo tiraste a la basura. Hoy no he logrado recuperado de entre tanta malícia y tanta mentira, está perdido esprando que algún día lo encuentren aún con vida."

"Como olas del mar Así como las olas del mar tienen un momento mágico, luego rompen y se van. Las estrellas salen sólo de noche pero en algún lugar del universo permanecen encendidas. Así como las nubes cambian, va cambiando nuestro amor. Pero en algún lugar de nuestras almas, vive una llama en la eternidad de una mirada y la simplicidad de una lágrima. Así como el viento no se ve pero se siente y existe, así es nuestro amor, presente en cada momento. Y en la inmensidad del universo, una lágrima vuelve a rodar para fundirse en el mar y alcanzar la magia de amar."


♥ Poemas e desenho por Dulce María(RBD)

4 comentários:

Juh* disse...

helooo

textos mtoo tristes esses....

Para com isso..!

bora animar!!

bjx

Camila Araujo disse...

Nossa! Que triste! :(

Ah porra... eu to de tpm e triste vc me vem com isso..
rs

Espero que vc não esteja triste como este post ¬¬

Beijos Catraca!

.Cah. disse...

Aiii...
mtu baixo astral...rs

Beeeijo.

Heloisa Ikeda... disse...
Este comentário foi removido pelo autor.